Voltar

Função analgésica do CBD auxilia no tratamento da artrose

Postado em 06.08.2021
tratamento da artrose

Caracterizada pela degeneração das articulações e desgaste das cartilagens, a artrose é uma doença inflamatória, crônica e degenerativa. Tratamento com Cannabis medicinal auxilia no tratamento da artrose trazendo grande alívio aos seus pacientes, combatendo dores, inchaço, rigidez nas juntas e perda de movimentos.

Índice 
O que é Artrose?
Causas da Artrose
Sintomas da Artrose
Tratamento tradicional 
Tratamento com Cannabis Medicinal 
A importância de um acompanhamento especializado 

O que é artrose?

Também conhecida como osteoartrite, a artrose é uma doença que avança sobre as articulações, causando desgaste das cartilagens que revestem as extremidades dos ossos, gerando um processo inflamatório, além de comprometer outras partes do sistema articular, como ligamentos, membrana sinovial e líquido sinovial.  

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que 9,6% dos homens e 18% das mulheres com mais de 60 anos sejam acometidos pela artrose em todo o mundo. No Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde, 15 milhões de pessoas sofrem com a doença. 

Com objetivo de controlar o desenvolvimento da enfermidade, o tratamento da artrose pode ser feito pela via tradicional, combinando o uso de medicamentos, que aliviam a dor e a inflamação, e a prática regular de exercícios de estimulação e sessões de fisioterapia.

O tratamento com Cannabis medicinal também pode auxiliar seus pacientes por ser muito eficiente na regulação do sistema imunológico e dos processos fisiológicos do corpo, como dor e inflamação.  

Causas da Artrose 

  • Desgaste natural das articulações causado pelo envelhecimento
  • Atividades profissionais e esportes que sobrecarregam as articulações
  • Atividades exigem o levantamento de objetos pesados e movimentos repetitivos de agachar ou ajoelhar
  • Excesso de peso, que provoca um desgaste maior especialmente nas articulações das pernas ou da coluna
  • Traumatismos como fraturas, torções ou contusões que comprometam as articulações

A artrose pode ser dividida em seu tipo primário e secundário. 

A artrose primária ocorre tanto em razão do uso excessivo de uma articulação, como também pelo envelhecimento natural do indivíduo. Ao longo dos anos, a utilização reiterada das articulações provoca desgaste na cartilagem, causando dores e inchaço naquela região. Com a ação do tempo, o fluido localizado entre as articulações (líquido sinovial) se degenera, assim como a cartilagem que reveste esse líquido (membrana sinovial).

Já a artrose secundária é uma consequência de doenças ou outras condições apresentadas pelo indivíduo, tais como obesidade, traumas repetitivos ou devido à cirurgias nas estruturas articulares, anomalias congênitas, gota, artrite reumatoide, diabetes e outros distúrbios hormonais.

Sintomas da Artrose

  • Dor na articulação afetada
  • Dificuldade na realização de movimentos
  • Inchaço e rigidez na articulação

O avanço da doença pode acarretar o surgimento de deformidades na região das articulações comprometidas.

Você vem sofrendo com um ou alguns desses sintomas? Faça uma consulta 100% online com um médico especializado em Cannabis medicinal clicando aqui

Tratamento tradicional 

Por ser uma doença crônica, a forma tradicional do tratamento da artrose tem como objetivo reduzir as dores e elevar a qualidade de vida e bem-estar do paciente com a manutenção dos movimentos e da função das articulações. 

Sempre sob supervisão médica, o uso de uma variedade de remédios pode resultar no alívio dos sintomas da artrose. 

  • Analgésicos simples: podem diminuir a dor, mas não reduzem a inflamação. São eficazes entre as pessoas com artrose que sentem dores entre os graus leve e moderado
  • Antiinflamatórios não esteroides: podem conter a inflamação e aliviar a dor. No entanto, podem provocar efeitos colaterais como dores de estômago, zumbido nos ouvidos, problemas cardiovasculares, lesões no fígado e nos rins. Pessoas mais velhas apresentam maior risco de apresentar tais complicações
  • Narcóticos: esses tipos de remédio geralmente contêm ingredientes similares à codeína e podem promover alívio da dor na artrose mais grave. Apontados como mais fortes, estes medicamentos carregam um risco de dependência, apesar de ser considerado pequeno. Os efeitos colaterais podem incluir náusea, constipação e sonolência

Tratamento com Cannabis Medicinal 

A exemplo dos tratamentos de Artrite Reumatoide, que também afeta articulações, a Cannabis medicinal pode ser um importante auxiliar no tratamento da artrose. 

O sistema endocanabinoide, responsável pela regulação de uma série de processos fisiológicos, como dor e inflamação, pode ser reforçado e reequilibrado com o uso do CBD (Canabidiol). 

Com propriedades analgésicas e antiinflamatórias, o CBD inibe as vias inflamatórias que causam vermelhidão, inchaço e rigidez, ao mesmo tempo que proporciona alívio do espasmo muscular. 

Estudo publicado em 2018 pela revista científica “Current Opinion in Pharmacology” demonstra que os canabinoides aliviam a dor causada pela artrose. 

Segundo a pesquisa, 60% dos pacientes não estavam contentes com as terapias tradicionais de controle da dor, sempre baseadas em medicamentos com efeitos secundários. Os pesquisadores afirmam que a Cannabis fornece a capacidade de reduzir a dor e a inflamação sem efeitos colaterais.

Assim, os pacientes que participam de tratamentos da artrose com Cannabis desfrutam de maior amplitude de movimentos, muito menos dor e aumento da capacidade de participação em atividades que antes eram consideradas impossíveis devido aos sintomas. 

Os canabinoides não apenas amortecem a dor como um analgésico, mas também estimulam o sistema imunológico para ajudar a reparar os danos causados ​​pela osteoartrite. Isso não apenas reduz a dor crônica, mas também ajuda a eliminar a fadiga e a desacelerar os efeitos da doença com o envelhecimento.

A importância de um acompanhamento especializado 

Para garantir a eficácia de um tratamento com Cannabis medicinal, é importante contar com um minucioso acompanhamento especializado. Apesar de ainda haver poucos médicos prescritores no Brasil, já existem centros de excelência com esse foco. Um deles é a Medicina In, onde você pode realizar consultas on-line com médicos especializados que poderão avaliar seu caso. Para agendar uma consulta, acesse o site.