Voltar

Burnout: CBD alivia tensão do excesso de trabalho

Postado em 05.25.2021
burnout

Problema social e de saúde pública cada vez mais frequente nos dias atuais, a síndrome de Burnout é um transtorno de ansiedade que atinge pessoas que vivem sob uma pesada carga de atividades e altos níveis de tensão, seja no ambiente de trabalho, estudo ou mesmo na vida pessoal.

Índice:
O que é Burnout?
Sintomas de Burnout
Tratamento tradicional
Tratamento com Cannabis medicinal
A importância de um acompanhamento especializado

O que é Burnout? 

A síndrome de Burnout, também conhecida como síndrome do desgaste profissional, é uma situação definida pela exaustão física, emocional ou mental que surge geralmente devido ao acúmulo de stress no trabalho ou nos estudos. 

Este transtorno costuma ocorrer entre profissionais que lidam cotidianamente com muita pressão e responsabilidade, como professores ou profissionais de saúde.

Em maio de 2019, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconheceu a síndrome de Burnout como uma doença crônica relacionada ao trabalho na nova Classificação Internacional de Doenças (CID-11).

O quadro de Burnout pode ser agravado e gerar estado de depressão profunda. Por isso, é muito importante adotar medidas para evitá-lo assim que os primeiros sintomas forem identificados.

Sintomas de Burnout 

O Burnout costuma ser identificado em pessoas cujo trabalho envolve o contato com outras pessoas, como, por exemplo, médicos, enfermeiros, cuidadores e professores que podem desenvolver uma série de sintomas, tais como:

  • Sensação constante de negatividade: é muito comum que os pacientes dessa síndrome apresentem comportamentos negativos constantes, como se nada fosse dar certo.
  • Cansaço físico e mental: pessoas com Síndrome de Burnout geralmente apresentam um cansaço constante e excessivo, difícil de ser aliviado.
  • Desmotivação: característica muito comum dessa doença do trabalho é a falta de motivação e vontade para fazer atividades sociais ou estar com outras pessoas.
  • Dificuldade de concentração: as pessoas podem também sentir dificuldade em focar no trabalho, tarefas diárias ou em uma simples conversa.
  • Falta de energia: um dos sintomas que se manifesta na Síndrome de Burnout é o cansaço excessivo e a falta de energia para manter hábitos saudáveis, como praticar exercícios físicos ou manter um sono regular.
  • Sentimento de incompetência: algumas pessoas podem ter o sentimento de que não estão fazendo o suficiente dentro e fora do trabalho.
  • Dificuldade de sentir prazer: a pessoa passa a sentir que já não gosta das mesmas coisas de que gostava anteriormente, como fazer um hobby ou praticar um esporte, por exemplo.
  • Priorizar as necessidades dos outros: as pessoas que sofrem de Burnout costumam colocar as necessidades dos outros à frente das suas próprias.
  • Oscilações repentinas de humor: outra característica muito comum são as alterações repentinas de humor, com muitos períodos de irritação.
  • Reclusão: devido a todos esses sintomas, a pessoa tem tendência a se isolar de pessoas importantes na sua vida, como amigos e familiares.

Outros sinais frequentes de Burnout incluem ter dificuldade para realizar tarefas cotidianas no trabalho, atrasos ou mesmo faltas devido à exaustão.

Além disso, quando chega o período de férias, é comum não sentir prazer durante esse tempo, voltando para o trabalho com a sensação de ainda estar cansado.

Apesar dos sintomas psicológicos serem os mais comuns, pessoas que estão sofrendo com Burnout também podem sentir frequentemente dores de cabeça, palpitações, tonturas, insônia, dores musculares e até ter mais resfriados.

Tratamento tradicional 

O tratamento de Burnout deve ser feito sob a supervisão de um psicólogo ou um psicoterapeuta.

Normalmente, o primeiro passo é iniciar tratamento psicológico para aumentar a percepção de controle diante de situações estressantes no ambiente de trabalho, além de melhorar a autoestima, desenvolvendo assim ferramentas que contribuam para o controle do stress.

Além disso, é importante que haja diminuição na carga de trabalho ou estudos, o que leva a uma reorganização de objetivos e prioridades.

Caso persistam os sintomas, o psicólogo pode recomendar a procura por um psiquiatra para iniciar o uso de antidepressivos, como Sertralina ou Fluoxetina.

Você vem sofrendo com um ou alguns desses sintomas? Faça uma consulta 100% online com um médico especializado em Cannabis medicinal clicando aqui

Tratamento com Cannabis medicinal

O tratamento com Cannabis medicinal do Burnout vem acompanhado do êxito comprovado em doenças que afetam o estado psicológico, como Ansiedade e Stress e Estresse pós-traumático.

As propriedades calmantes, analgésicas e ansiolíticas oferecidas pelo CBD promovem uma série de benefícios ao organismo como relaxamento e redução dos níveis de ansiedade e tensão muscular, tudo sem efeitos colaterais indesejáveis, como é comum vermos com medicamentos tradicionais.

Além da pressão e sobrecarga do trabalho, a pandemia do Coronavírus acabou trazendo ainda mais fatores estressantes, principalmente entre os profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à doença, extremamente expostos e pressionados.

Uma pesquisa realizada pela Verilife compilou os termos mais pesquisados no Google relacionados ao Burnout, de acordo com cada estado dos EUA.

Os pesquisadores ouviram 2.000 pessoas, que falaram sobre suas experiências com casos de Burnout, explicando quais foram as causas, sintomas e soluções encontradas para enfrentar a situação.

Os resultados mostram que 37% dos entrevistados recorreram ao CBD (Canabidiol) para lidar com o esgotamento.

Qualidade de vida e bem-estar são elementos importantes em meio a um mundo desgastado pelo trabalho, e agora, também pela pandemia do Coronavírus. O uso do Canabidiol surge como método alternativo para melhorar a saúde física e mental do trabalhador, e assim, garantir produtividade sem excesso ou desgaste. 

A importância de um acompanhamento especializado

Para garantir a eficácia de um tratamento com Cannabis medicinal, é importante contar com um minucioso acompanhamento especializado. Apesar de ainda haver poucos médicos prescritores no Brasil, já existem centros de excelência com esse foco. Um deles é a Medicina In, onde você pode realizar consultas on-line com médicos especializados que poderão avaliar seu caso. Para agendar uma consulta, acesse o site.