Voltar

Ansiedade: Guia prático para entender esse distúrbio

Postado em 02.15.2021
Ansiedade Sintomas

O transtorno de ansiedade é definido pela ansiedade em exagero,ou seja, pela preocupação exagerada com os acontecimentos da vida sem motivos aparentes ou óbvios.

Pessoas com sintomas de transtorno de ansiedade tendem sempre a esperar um acontecimento desastroso e estão sempre muito preocupadas com aspectos da vida como:

  1. Saúde: será que estou me cuidando? será que minha saúde está boa? talvez eu deveria melhorar minha rotina, preciso me exercitar…
  2. Dinheiro: não tenho o suficiente, preciso de uma reserva de emergência boa, estou gastando muito, não consigo economizar…
  3. Família: estou preocupado com meus pais, será que eles estão bem, por que não me mandaram mensagem hoje…
  4. Trabalho: preciso entregar aquele relatório, será que meu trabalho está sendo o suficiente? será que as pessoas acham meu trabalho satisfatório?

Em pessoas com Ansiedade, a preocupação é irreal ou as vezes desproporcional para a situação atual.

Se identifica com os Sintomas da Ansiedade?

A vida cotidiana torna-se uma preocupação constante de medo e pânico.

Pode acontencer, da ansiedade dominar o pensamento, interferindo no funcionamento diário do seu dia a dia nos aspectos citados anteriormente.

Ansiedade e os principais sintomas

O Transtorno de Ansiedade afeta a forma como uma pessoa normalment epensa e isso acaba afetando seu comportamento.

A ansiedade ocorre quando uma pessoa encontra alguma dificuldade para controlar sentimentos como o “Medo”, durante alguns dias ou por um período maior que seis meses.

Fique atento nos sintomas de ansiedade abaixo:

  1. Preocupações e medos excessivos
  2. Visão inexistente do problema
  3. Sensação de estar sempre “nervoso” com alguma coisa
  4. Irritabilidade
  5. Tensão muscular
  6. Dor de cabeça
  7. Dificuldade de se concentrar
  8. Sensação de estar sempre cansado
  9. Dificuldade para dormir / Problemas para dormir
  10. Espasmos
  11. Entre outros…

O que causa a Ansiedade? Da onde que vem?

Por incrível que pareça, a causa da Ansiedade não é totalmente descoberta, mas uma série de fatores – incluindo química do cérebro, e/ou genética, bem como situações do ambiente em que a pessoa vive – podem contribuir para o desenvolvimento da ansiedade e dos sintomas.

Fatores hereditários podem aumentar a probabilidade de uma pessoa desenvolver o Transtorno.

Ou seja, se alguém da sua família sofre de ansiedade (diagnostícada) é provavel que você também pode sofrer desse mal do século.

O que acontece no nosso cérebro quando temos Ansiedade?

A Ansiedade está associada a um funcionamento “anormal” de certas células nervosas que conectam regiões do cérebro responsáveis pelo PENSAMENTO e EMOÇÃO.

Essas “conexões” de células nervosas são chamados de Neurotransmissores responsáveis, nada mais, nada menos, que TRANSMITIR informações de uma célula nervosa para a próxima célula nervosa.

Se essas vias que conectam esses sentimentos não funcionam de forma eficiente, os problemas de humor comecam a se tornar mais evidentes.

Por isso que alguns medicamentos, psicoterapias, cannabis medicinal podem “ajustar” esses neurotransmissores para melhorar a conexão entre circuitos e ajudar a melhorar os sintomas relacionados a ansiedade.

https://www.medicina.in/ansiedade

Ansiedade e os fatores relacionados ao nosso dia a dia

Traumas e eventos estressantes podem contribuir ainda mais para o aumento dos sintomas da ansiedade.

Listamos abaixo alguns fatores que podem agravar a situação dos níveis de ansiedade nas pessoas:

  1. Muito estresse no trabalho, escola e outros ambientes que geralmente envolvem alta pressão.
  2. Tente se desconectar desses ambientes o máximo possível. Ou tente resignifica-los com ajuda de acompanhamento psicológicos.
  3. Lidar com abuso, violência e outros traumas;
  4. Morte de um familiar;
  5. Situações que mudam completamente a vida das pessoas como CASAMENTO, mudança de casa, emprego, escola etc.
  6. Efeito colateral de medicamentos como cafeína, nicotina, álcool etc.
  7. Problemas com desemprego e problemas financeiros
  8. Relacionamento.

Existe uma Ansiedade saudável?

A ansiedade começou a ser estudada em meados de 1895, quando um cara chamado Freud escreveu sobre a ‘neurose de ansiedade’ e identificou na ansiedade DUAS FASES

Fase 1 da Ansiedade segundo Freud

A primeira é a saudável que surge de um sentimento difuso de medo ou um desejo.

Fase 2 da Ansiedade

Já a segunda é a do sentimento aterrorizante.

Diferentemente da ansiedade normal, a ansiedade patológica causa prejuízos ao indivíduo, ao seu desempenho no dia a dia gerando uma sensação de não poder fazer nada diante das situações apresentadas e dificultando o enfrentamento desses eventos.

Como se previnir da Ansiedade? Isso é possível?

Infelizmente não existe uma fórmula mágica para se previnir da ansiedade, mas é possível ter uma vida mais saudável.

Isso vai fazer com que seu corpo se mantenha em equilibrio com seus sentimentos.

Vamos para a lista do que você pode fazer:

  1. Se exercitar pelo menos durante 20 minutos ao dia e se concentrar nos movimentos
  2. Ter uma alimentação mais saudável e regrada, sem exageros
  3. Dormir bem
  4. Evitar beber alcool
  5. Ter uma vida social ativa

Diagnóstico

O transtorno da ansiedade, é considerado um distúrbio mental pela preocupação excessiva como comentamos anteriormente nesse artigo.

Se os sintomas de Ansiedade estiverem presentes na sua vida, o médico iniciará uma avaliação fazendo perguntas sobre o seu histórico médico e psiquiátrico.

Na sequência realizará um exame clínico para uma melhor avaliação.

O médico pode então, usar vários testes para procurar doenças físicas como a causa dos sintomas.

O papel do psicólogo ou psiquiatra no diagnóstico da Ansiedade

Um psiquiatra ou um psicólogo farão o diagnóstico de Transtorno de Ansiedade baseados em relatos da intensidade e duração dos sintomas – incluindo qualquer problemas causados ​​pelos sintomas.

O psicólogo ou psiquiatra então determina se os sintomas e o nível de disfunção indicam um transtorno de ansiedade específico.

O psiquiatra poderá indicar medicamentos como a Cannabis Medicinal (CBD), dependendo do nível de ansiedade.

Já o psicólogo irá propor outras atividades para melhorar os sintomas.

Tratamentos para Ansiedade

É importante que o paciente também realize mudanças em seus hábitos cotidianos, criando defesas contra a ansiedade.

Boa alimentação, atividade física, boa higiene do sono, reduzir o consumo de álcool e substâncias químicas e uma boa relação com família e amigos, assim como acompanhamento psicológico são cruciais.

Nas últimas décadas, imensos avanços vêm sendo feitos no uso da Cannabis medicinal para Transtornos de Ansiedade.

As propriedades analgésicas e relaxantes presentes no CBD, um dos princípios ativos da Cannabis, tem um imenso potencial de atenuar os sintomas sofridos por pacientes que sofrem com Transtornos de Ansiedade.

Clínicas digitais com médicos especializados em tratamento com Cannabis Medicinal como a Medicina In podem facilitar o acesso ao tratamento e acompanhamento de pessoas com ansiedade e atendem todos que precisam de acompanhamento. Acesse nosso site e confira você mesmo todas as oportunidades oferecidas.

A importância de um acompanhamento especializado

Para ser eficaz, o tratamento com Cannabis medicinal precisa ser conduzido por um profissional especializado.

Apesar de ainda existirem poucos médicos prescritores no Brasil, hoje já é possível se consultar com médicos experientes via telemedicina sem precisar sair de casa.

Tratamentos como Sertralina, Fluoxetina e Escitalopram muitas vezes causam efeitos adversos indesejados.

Sintomas como boca seca, alteração do apetite com ganho ou perda de peso, diarreia, redução da libido e disfunção erétil causados pelos medicamentos tradicionais contra ansiedade fazem com que cerca de 40% dos pacientes abandonem o tratamento.

Dicas para manter a ansiedade “controlada”

Ansiedade e atividades físicas

Todo mundo já sabe que a prática de Atividades físicas aumenta a produção de um hormônio chamado Serotonina (responsável pelo humor, sono, apetite, ritmo cardíaco, dor e funções intelectuais).

Sendo assim, praticar atividades físicas regularmente, pode te ajudar a sentir prazer e bem-estar. Permita-se descorbrir algo novo nesse sentido.

O que você pode fazer?

  1. Caminhada de 20-30 minutos
  2. Corrida
  3. Natação
  4. Comece uma aula de dança, mesmo se você já saiba dançar
  5. Tênis
  6. Basquete
  7. Futebol

Além disso, caminhar em locais abertos em contato com a natureza, por exemplo, pode ser uma bela oportunidade de relaxar a mente.

Já ouviu falar de Triptofano? Não? A gente explica

O triptofano é um aminoácido utilizado na biossíntese de proteínas, sendo codificado pelo codão UGG. Ele contém, como todo aminoácido, um grupo amino e um grupo carboxilo; sua cadeia lateral consiste num indol, o que faz dele um aminoácido aromático e apolar. Tirado do Wikipedia

Alimentos como:

  1. Carne
  2. Peixe
  3. Ovo
  4. Leite e derivados

São alimentos ricos em triptofano. E são ótimos para melhorar o humor e ajudam na formação de serotonina.

Outros alimentos para dar uma melhorada no nível de triptofano e no astral:

  1. Queijo
  2. Amendoin
  3. Castanha de caju
  4. Frango
  5. Ovo
  6. Ervilha
  7. Peixes
  8. Amêndoas
  9. Abacate
  10. Batata
  11. Banana

Uma dica para você aliviar o estresse do cotidiano

Tente evitar ao máximo situações e momentos de estresse. Algumas terapias alternativas podem ajudar no alívio do estresse. Tente iniciar Acupuntura por exemplo.

Outras atividades para aliviar o estresse diário:

  1. Aromoterapia
  2. Musicoterapia
  3. Yoga
  4. Watsu
  5. Geoterapia
  6. Quiropraxia
  7. Shiatsu
  8. Reiki

Todos são alternativas que podem trazer alívio do estresse, promover bem-estar e melhorar sentimentos como ansiedade, medo e tristeza.

Aprenda a controlar a respiração

Respirar da forma certa pode ajudar muito no controle do corpo e da mente. Uma ação simples como RESPIRAR, pode melhorar significantemente nosso humor.

A dica é procurar reservar alguns momentos do dia para respirar lentamente apenas pelo nariz. De forma CONSCIÊNTE, ou seja, prestando bem atenção na FORMA como você está respirando.

Respire lenta e profundamente, observando o movimento do diafragma. Outra dica é deitar na cama, com as luzes totalmente apagadas, e colocar as mãos sobre o abdômen.

 Crie um ritmo.

Conte enquanto respira.

Conte 4 para inspirar e 4 para expirar no mesmo tempo.

Sempre pelas narinas.

Durante o dia, você pensa de forma muito negativa?

Tente RESIGNIFICAR o seu discurso interno sobre seu pensamento negativo.

Aprenda a prestar atenção aos seus pensamentos. Não alimente pensamentos negativos nos quais você não pode controlar.

Fique atento, toda vez que você iniciar o pensamento com a frase “E se…”.

Sempre quando isso acontecer, tente pensar em situações agradáveis e coisas que te trazem felicidade e prazer.

Você se considera uma pessoa organizada?

Desorganização atrapalha o funcionamento do cérebro e provoca estresse. Ser organizado facilita o trabalho do cérebro, pois permite que ele tenha previsibilidade para executar tarefas.

Comece organizando o guarda-roupa…

Algumas pessoas costumam brincar que, quando querem organizar a vida, começam organizando o guarda-roupas.

Pode fazer sentido.

Assim, separe peças que não queira mais, leve para doação e experimente a sensação de deixar tudo mais organizado ao seu redor!

Procure passar momentos com quem você ama de verdade

Tenha momentos de qualidade com amigos e familiares nos quais você nutre AMOR sem precisar de esforço.

Namorar, por exemplo, é um ato que gera prazer e é mediado por vários hormônios.

Os principais são serotonina e ocitocina que causam bem-estar na pessoa e, de certa maneira, melhoram a autoestima.

Pessoas apaixonadas também se cuidam mais e se preocupam mais com a saúde.

Promova o autoconhecimento na sua vida para continuar gerenciando a sua ansiedade

O autoconhecimento é um grande fator aliado no combate à ansiedade.

Com o autoconhecimento é possível se entender melhor e conseguir quebrar alguns padrões mentais que nós mesmos criamos e que nos limitam para resolver problemas de alta complexibilidade.

Links que podem ser úteis

Meditação guiada no Netflix

Como conheci e comecei a usar CBD